Translate

19 de março de 2015

Preciso

Às vezes sinto vontade de largar tudo para ter mais paz, mais sossego, mais liberdade.
Nem sempre valorizei minha liberdade, mas sempre acreditei que ser livre para fazer minhas escolhas é mais do que um direito meu.

 Infelizmente por vezes me senti encurralada e pressionada por não poder desfrutar do meu direito de ser livre. Direito de escolher o certo ou o errado, direito de cair e levantar sozinha, direito de poder ou não pedir ajuda a alguém.

Eu preciso de liberdade, assim como preciso de sossego. Sossego esse que ultimamente está tão raro de encontrar. As obrigações cobram demais, e dão poucas coisas em troca. Preciso respirar mais sossego. Preciso tirar férias das papeladas, das obrigações, das pessoas chatas. Preciso viver minha liberdade com bastante sossego. Preciso respirar paz.

Impossível? Quase. Mais como sempre me dizem certos amigos, para se ter paz precisamos acima de tudo de esperança. Precisamos acreditar. Precisamos ser honestos com nós mesmos, precisamos fazer a nossa parte pra desfrutar dos nossos desejos. Precisamos ajudar quem precisa de ajuda. Precisamos acreditar nas nossas verdades, e aprender com os erros.

Mais como fazer a paz se não podemos obrigar ninguém a fazer a sua parte? Uma boa pergunta não? Preciso pensar numa boa resposta.
Enquanto penso, eu canto (mal, mas canto). Enquanto penso, eu faço (o que eu TENHO que fazer). Enquanto penso, eu espero o tempo ...



- Gostou? Volte sempre :)


Exemplo Beatles


Perguntaram a John Lennon:
- Por que você não pode ficar sozinho, sem a Yoko?

E ele respondeu: - Eu posso, mas não quero. Não existe razão no mundo porque eu devesse ficar sem ela. Não existe nada mais importante do que o nosso relacionamento, nada. E nós curtimos estar juntos o tempo todo. Nós dois poderíamos sobreviver separados, mas pra quê? Eu não vou sacrificar o amor, o verdadeiro amor, por nenhuma piranha, nenhum amigo e nenhum negócio, porque no fim você acaba ficando sozinho à noite.Nenhum de nós quer isto, e não adianta encher a cama de transa, isso não funciona. Eu não quero ser um libertino. É como eu digo na música, eu já passei por tudo isso, e nada funciona melhor do que ter alguém que você ame te abraçando.


31 de janeiro de 2015

3 em 1

Sobre acordar sábado inspirada..

[primeiro]

Porque confiança não é viver reprimido por segredos mútuos, ainda espera o conto acreditando que dele só contei um ponto. Não sabe você ou finge que não sabe, que tudo em mim que diz respeito a você eu já revelei. Não confio em você porque sei seus segredos e você sabe os meus, não mais. Confio porque você me mostrou ser capaz de ser um amigo de verdade e isso basta. Mas as vezes o seu jeito de confiar, de amar é destruidor. Não precisa gritar que ama pra eu saber, mas é necessário demonstrar ao menos pra mim que eu, que tudo o que diz respeito a nós dois significa algo pra você também. Com uma palavra ou qualquer coisa que me faça acreditar. No teto não há estrelas, mas no meu peito há um universo inteiro brilhando agora. Eu só queria ouvir de você, que não, nada foi em vão. E, se possível, ouvir o seu conto deste ponto tão misterioso que você me mostrou !

[segundo]

Você conta suas mentiras de forma tão natural, que você mesmo acaba acreditando. Você usa sua armadura há tanto tempo que já não sabe o que é liberdade. Acreditando estar em uma guerra nunca abandona o escudo. Ainda não percebeu que a guerra está dentro de você e contra ela não há armadura que resista.Você usa uma máscara sem forma definida. Sua máscara está grudando em seu rosto, quando você for retirá-la, se é que um dia você irá, ela deixará marcas, cicatrizes.Não minta,Jogue a armadura fora, arranque essa máscara que oculta seu rosto, enquanto há remédio para ele. Tente voltar a ser você enquanto se lembra quem é.

[terceiro]

As pessoas que mais gostamos são as que mais nos decepcionam, pois pensamos que são perfeitas e esquecemos que são humanas !









10 de agosto de 2014

Feliz dia dos Pais :::: MÃE

Minha "PÃE" . Dona Rosa ♥
Bom friozinho de domingo pra todo vocês que estão comemorando o DIA DOS PAIS.

aêeee (aplausos) , aquele dia em que você agradece aquela pessoa que sempre esteve do seu lado, te dando coragem pra vencer os obstáculos da sua jornada. Aquele em que você confiou na hora de tirar as rodinhas da sua bicicleta. Aquele que disse " você só irá namorar quando completar os 30". Aquele que na escolinha você desenhava e escrevia uma "Eu te amo muito papai" ou até um "Papai você é meu herói". 

Bom, sabe isso tudo ai? Eu passei ao lado da melhor mulher do mundo. A minha "PÃE" (pai/mãe). A dona Rosa! Cresci vendo ela batalhando por mim e meus irmãos, sendo pai, mãe, amiga, irmã, conselheira, juiza, pai de santo haha.  
(obs: meus irmãos moram com minha mãe e com o pai deles. Eu que sou bastarda mesmo)
Se alguém me perguntar sobre o papel de um pai (o tradicional) admito que não sei o que responder, já que não concordo com essa visão patriarcal e, se concordasse, não valeria de muito, já que vi minha mãe suprir todas as necessidades que tínhamos. Eu te amo dona Rosa. ♥ 
É estranho falar sobre isso, sobre uma pessoa que você sabe que está viva. Onde? como? fazendo o que? É estranho falar um "Eu odeio o meu Pai" para os outros  e todo segundo domingo de Agosto ir para o banheiro chorar, e quando alguém pergunta você fala: "ah, a TPM".

Hoje descobri historias bem parecidas,de pessoas que nem conheço  mas que por alguma razão não passam mais o dia dos pais com seus pais. E que igual a mim, usam as palavras para demonstrar este sentimento que muito das vezes, não  temos coragem de manifestá-los. 

 "Eu vejo filmes, e vejo a filha que já esta bem mais velha ligando pro pai e conversando como se fossem melhores amigos, a filha indo visitar o pai e fazendo aquela festa toda, vejo pais levando as filhas menores ao parque e ajudando elas a fazerem os exercícios do colégio, e vejo que eu nunca tive isso... Perdi meu pai aos 4 anos, única lembrança que tenho dele é de uma fita cassete q ele me deu, guardo ate hoje, meu filme predileto... Como imagem de pai tive meu avô, como eu amei meu avô, eu ficava animada em cada dia dos pais com que surpresa eu iria dar pra ele, foi assim durante uns anos, porem nunca tive aquele contato mais íntimo, aquela amizade, porem ele era minha imagem paterna, com ele que tenho lembranças de infância, mas isso durou ate meus 15/16 quando meu avô resolveu trair a minha vó, desde então aquele encanto acabou, e a única coisa que sinto e dor e raiva, dele ter traido nossa familia, ele era meu pai e me traiu e isso dói, e o dia dos pais nunca mais foi o mesmo, e nunca mais sera o mesmo, perdi meus pais duas vezes, é tipo surreal.."


"Papai e eu éramos bastante próximos, mas a gente também não era de ficar se abraçando, dizendo que amava. Às vezes eu saía triste porque nos meus momentos de carência dizia: "pai, amo você", e ele respondia "tá" HAUEHAUE Mas era o jeito dele. Tinha dias que ele expressava o sentimento, mas quase sempre era "tá, tudo bem" kk Hoje eu lembro disso e rio. Quando ele estava no hospital eu não deixava de dizer o quanto o amava porque me sentia mal por não ter dito antes, o que eu mais queria era dar um abraço nele, mas me contentava em dar um beijo na testa.

Nossa relação era baseada em coisas simples tipo: nos dias de folga dele, ele me esperava chegar em casa para almoçarmos juntos; às vezes ele me esperava com uma puta tigela de batata frita porque eu (na verdade nós) amava; a gente sentava todo final de semana pra ver jogo junto; minha irmã ou eu fazíamos lasanha aos domingos porque era a comida favorita dele; coisas assim, sabe?"




 Mari: 
"Alguém tem esse tipo de relação com o pai? Eu não tenho e sofro isso até hoje, mas não consigo forçar mais uma situação. Ele faz tudo que eu quero, me ama demais, mas não temos contato intimo sabe? Tipo, o contato mais intimo que a gente tem é que ele todo dia me acorda pra ir pra faculdade (4:50) e quando eu saio do banho tem um pão quentinho me esperando.  Eu não sou indiferente a ele porque ele é meu pai e faz tudo que eu quero e tals. Mas parece que ele tenta passar o amor dele através disso, sabe? De coisas materiais, porque ele não consegue se aproximar. Eu sofro muito por isso, e ninguém sabe, só meu namorado e minha mãe. Esses dias eu tava com minha mãe e minhas duas avós conversando e eu inventei de tocar no assunto, tocamos porque com meu sobrinho ele se derrete, eles vão ter uma relação boa e isso me deixa feliz, porque meu pai tá aprendendo, mas comigo nao da mais sabe? E aí eu falando isso pra minhas avós eu comecei a chorar. Eu tava na TPM, por isso chorei, porque não deixo ninguém ver esse lado que sente falta, porque não gosto de mostrar ele. E minha vó, mae dele, é igualzinha. Toda a relação que eu tenho com minha vó materna eu não tenho com minha avó paterna. E eu sinto muita pena dela porque ela é sozinha. Tem quatro filhos e não tem uma relação intima (tipo a que eu tenho com minha mae, de falar eu te amo e tals) com nenhum, mas ela é assim e não consegue mudar mais. E eu tenho medo de esse ser o futuro do meu pai. Mas eu não consigo fazer nada pra mudar isso. Talvez quando eu for mãe mude, mas por agora, não dá, eu me sinto muito mal."

 • São histórias assim que hoje fizeram meu dia valer a pena, sabe que existem pessoas com vontades parecidas com as suas! 

            E quero,com muito prazer  desejar este post totalmente as MÃES que são Pais. As mães da (Elieny, Mari e Hellen) e principalmente a DONA ROSA, que de tamanho é pequenininha, mas de coração e bondade não há infinito que a descreva. 
TE AMO VÉIA ♥ 





20 de julho de 2014

(...) Hoje eu passei batom vermelho!




 Nem venha tirar meu riso frouxe com conselhos. 
Que hoje eu passei batom vermelho




Começando hoje com a tag #Inspiraçãododia.
Ah! e que inspiração pra um domingo bem "invernil" hein? 
Quem nunca teve vontade de usar um batom vermelho mas ficou sem coragem por ser uma cor chamativa? Vai ai então algumas dicas de como usar essa cor que eu sou APAIXONADA hihi.
O batom vermelho é um charme, combinando com qualquer tom de pele, e dando um up para toda produção. Mas o difícill é escolher entre tantas opções um tom ideal.  (eu gosto dos mais vivos). 
O mais legal do vermelho é que nunca sai de moda. No verão ele é apenas mais OPACO e  os laranjas ficam lindos. No inverno ouse mais nos CINTILANTES! 
Confesso que para cair de boca em um batom vermelhão tem que ter personalidade forte e saber ter atitude para usá-lo, porém, se você é daquelas descoladas, ligadas em moda e que pensa como eu “o que que tem demais usar um batom diferente?” então, não fique sem o seu batom vermelho. 
Uma dica que eu dou é: SEMPRE CARREGUE UM BATOM VERMELHO NA BOLSA!! 
Simples, se você está na rua a tarde com as amigas ou no trabalho e a galera te chama pra "emendar" o programa (ir pra uma festa, barzin,facul, sei la), passe  vermelho na sua boca e vaai ser feliz amiga haha!  
É importante ressaltar que existe uma cor perfeita pra cada tipo de pele:
Para as meninas mais clarinhas o tom que deve ser usado é o vermelho rosado, como vermelho-cereja e fúcsia.
Para as brancas amareladas e orientais os vermelhos bem abertos, como vermelho-tomate faz um ótimo contraste com a pele.
Morenas podem usar os tons mais fechados, puxado pro framboesa até os mais vibrantes, como o vermelho-tomate.
Nas negras o tom que deve ser usado é os mais fechados como bordô e vinho. E também os metalizados, que ficam lindos nas peles escuras. 
O resto do make fica perfeito com um olho preto esfumado, ou até mesmo um delineador, que da um ar mais pin up.

"Lábios vermelhos são fonte de sensualidade e valoriza muito a mulher. Vale lembrar os cuidados para que os lábios não fiquem ressecados, abuse do lip balm!" 


#Inspirações e APAIXONE-SE!










Gostou do post? Então pode deixar seu comentário aqui embaixo, eu sempre leio todos e, quando tenho um tempinho, respondo também. Se você tiver um blog, pode deixar seu link no final do comentário que eu irei visitar. Beijos e volte sempre!