Translate

10 de agosto de 2014

Feliz dia dos Pais :::: MÃE

Minha "PÃE" . Dona Rosa ♥
Bom friozinho de domingo pra todo vocês que estão comemorando o DIA DOS PAIS.

aêeee (aplausos) , aquele dia em que você agradece aquela pessoa que sempre esteve do seu lado, te dando coragem pra vencer os obstáculos da sua jornada. Aquele em que você confiou na hora de tirar as rodinhas da sua bicicleta. Aquele que disse " você só irá namorar quando completar os 30". Aquele que na escolinha você desenhava e escrevia uma "Eu te amo muito papai" ou até um "Papai você é meu herói". 

Bom, sabe isso tudo ai? Eu passei ao lado da melhor mulher do mundo. A minha "PÃE" (pai/mãe). A dona Rosa! Cresci vendo ela batalhando por mim e meus irmãos, sendo pai, mãe, amiga, irmã, conselheira, juiza, pai de santo haha.  
(obs: meus irmãos moram com minha mãe e com o pai deles. Eu que sou bastarda mesmo)
Se alguém me perguntar sobre o papel de um pai (o tradicional) admito que não sei o que responder, já que não concordo com essa visão patriarcal e, se concordasse, não valeria de muito, já que vi minha mãe suprir todas as necessidades que tínhamos. Eu te amo dona Rosa. ♥ 
É estranho falar sobre isso, sobre uma pessoa que você sabe que está viva. Onde? como? fazendo o que? É estranho falar um "Eu odeio o meu Pai" para os outros  e todo segundo domingo de Agosto ir para o banheiro chorar, e quando alguém pergunta você fala: "ah, a TPM".

Hoje descobri historias bem parecidas,de pessoas que nem conheço  mas que por alguma razão não passam mais o dia dos pais com seus pais. E que igual a mim, usam as palavras para demonstrar este sentimento que muito das vezes, não  temos coragem de manifestá-los. 

 "Eu vejo filmes, e vejo a filha que já esta bem mais velha ligando pro pai e conversando como se fossem melhores amigos, a filha indo visitar o pai e fazendo aquela festa toda, vejo pais levando as filhas menores ao parque e ajudando elas a fazerem os exercícios do colégio, e vejo que eu nunca tive isso... Perdi meu pai aos 4 anos, única lembrança que tenho dele é de uma fita cassete q ele me deu, guardo ate hoje, meu filme predileto... Como imagem de pai tive meu avô, como eu amei meu avô, eu ficava animada em cada dia dos pais com que surpresa eu iria dar pra ele, foi assim durante uns anos, porem nunca tive aquele contato mais íntimo, aquela amizade, porem ele era minha imagem paterna, com ele que tenho lembranças de infância, mas isso durou ate meus 15/16 quando meu avô resolveu trair a minha vó, desde então aquele encanto acabou, e a única coisa que sinto e dor e raiva, dele ter traido nossa familia, ele era meu pai e me traiu e isso dói, e o dia dos pais nunca mais foi o mesmo, e nunca mais sera o mesmo, perdi meus pais duas vezes, é tipo surreal.."


"Papai e eu éramos bastante próximos, mas a gente também não era de ficar se abraçando, dizendo que amava. Às vezes eu saía triste porque nos meus momentos de carência dizia: "pai, amo você", e ele respondia "tá" HAUEHAUE Mas era o jeito dele. Tinha dias que ele expressava o sentimento, mas quase sempre era "tá, tudo bem" kk Hoje eu lembro disso e rio. Quando ele estava no hospital eu não deixava de dizer o quanto o amava porque me sentia mal por não ter dito antes, o que eu mais queria era dar um abraço nele, mas me contentava em dar um beijo na testa.

Nossa relação era baseada em coisas simples tipo: nos dias de folga dele, ele me esperava chegar em casa para almoçarmos juntos; às vezes ele me esperava com uma puta tigela de batata frita porque eu (na verdade nós) amava; a gente sentava todo final de semana pra ver jogo junto; minha irmã ou eu fazíamos lasanha aos domingos porque era a comida favorita dele; coisas assim, sabe?"




 Mari: 
"Alguém tem esse tipo de relação com o pai? Eu não tenho e sofro isso até hoje, mas não consigo forçar mais uma situação. Ele faz tudo que eu quero, me ama demais, mas não temos contato intimo sabe? Tipo, o contato mais intimo que a gente tem é que ele todo dia me acorda pra ir pra faculdade (4:50) e quando eu saio do banho tem um pão quentinho me esperando.  Eu não sou indiferente a ele porque ele é meu pai e faz tudo que eu quero e tals. Mas parece que ele tenta passar o amor dele através disso, sabe? De coisas materiais, porque ele não consegue se aproximar. Eu sofro muito por isso, e ninguém sabe, só meu namorado e minha mãe. Esses dias eu tava com minha mãe e minhas duas avós conversando e eu inventei de tocar no assunto, tocamos porque com meu sobrinho ele se derrete, eles vão ter uma relação boa e isso me deixa feliz, porque meu pai tá aprendendo, mas comigo nao da mais sabe? E aí eu falando isso pra minhas avós eu comecei a chorar. Eu tava na TPM, por isso chorei, porque não deixo ninguém ver esse lado que sente falta, porque não gosto de mostrar ele. E minha vó, mae dele, é igualzinha. Toda a relação que eu tenho com minha vó materna eu não tenho com minha avó paterna. E eu sinto muita pena dela porque ela é sozinha. Tem quatro filhos e não tem uma relação intima (tipo a que eu tenho com minha mae, de falar eu te amo e tals) com nenhum, mas ela é assim e não consegue mudar mais. E eu tenho medo de esse ser o futuro do meu pai. Mas eu não consigo fazer nada pra mudar isso. Talvez quando eu for mãe mude, mas por agora, não dá, eu me sinto muito mal."

 • São histórias assim que hoje fizeram meu dia valer a pena, sabe que existem pessoas com vontades parecidas com as suas! 

            E quero,com muito prazer  desejar este post totalmente as MÃES que são Pais. As mães da (Elieny, Mari e Hellen) e principalmente a DONA ROSA, que de tamanho é pequenininha, mas de coração e bondade não há infinito que a descreva. 
TE AMO VÉIA ♥ 





4 comentários:

  1. Meu pai sempre foi muito importante pra mim, muito presente, paciente. Infelizmente ontem fez três meses que ele faleceu. E minha mãe, mesmo que do seu jeito estressado e impaciente, tem tentado ao máximo ser pai e mãe, cuidar em dobro, vigiar em dobro. Meu primeiro dia dos pais sem ele tem sido difícil, mas poder interagir com vocês no DDM tem ajudado bastante. ♥

    Um feliz dia dos pais pra sua mãe também, meu bem, hoje eu vejo o quanto é complicado pra uma mulher representar os dois papéis.

    Depois do Para Sempre | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elieny, agora você percebe como é bom poder compartilhar essas historias com pessoas que tem o mesmo problema que você.
      É complicado para todo mundo entender o que passa na nossa cabeça neste dia. Eu me sinto tão confusa sabe?!
      Você vai superar, sua mãe vai superar. Deus não dá um fardo maior que você pode carregar.
      Linda ♥

      Excluir
  2. Confesso que me emocionei lendo a sua histórias as das outras meninas!
    Graças a Deus eu tenho pai e o amo muito, com o tempo que fui crescendo nós fomos nos afastando, e eu via algumas amigas serem muito próximas de seus pais, eu nunca falava eu te amo, tinha tipo vergonha, acho que pelo fato de não ter costume de dizer! Até que eu dia e disse e isso virou costume, sempre antes de dormir falo que o amo, e ele me diz que me ama, mas ainda não tenho uma relação muito íntima! Sei que ele me ama, coisas da vida aconteceram e isso foi possível ver com mais clareza!
    Adorei o post de verdade! Chorando aqui :')
    Beijos!

    opiniao---propria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiiin Maria Eduarda, não sabe o quanto seu comentario foi importante para mim.
      Ter um Pai, não é somente uma questão de sangue, Pai é aquele que ama,educa e tá junto sempre.E isso eu aprendi porque tive um avô muito bom, tios que são pais e irmãos. Tenho um namorado que me apoia e dá broncas como se fosse um pai mesmo. Enfim muito obrigada pelo comentário. Volte sempre ♥

      Excluir